13.12.19

Plano Nacional de Cinema - "O Grande Ditador"



No âmbito do Plano Nacional de Cinema, no dia três de dezembro, todos os alunos do 9.º ano de escolaridade do Agrupamento de Rio Tinto 3 foram ao cinema. Eram cerca de 300 alunos e professores. A escolha do filme recaiu no «O grande ditador». Acompanhados pelos professores, percorreram várias artérias da cidade até ao Parque Nascente.

Instruídos pelos professores de história, os alunos levavam algumas expetativas: o filme seria a preto e branco e era antigo.

Tinham razão. Estávamos no ano de 1940. O filme foi escrito, produzido e realizado por Charles Chaplin que interpretou duas personagens: um ditador da Tomânia e um barbeiro judeu.

Tudo aconteceu na altura da Primeira Guerra Mundial. A história é simples e fácil de contar. Há um piloto, Schultz, que é salvo por um soldado desastrado. Só que o avião em que seguiam foi abatido. O soldado foi parar ao hospital com amnésia e por lá ficou algum tempo. Depois de ter alta hospitalar, abriu uma barbearia num bairro judeu.

Nesta altura, a Tomânia era governada por um ditador que apresentava semelhanças físicas com o barbeiro. A sua política baseava-se na discriminação contra os judeus.  Entretanto, o barbeiro é preso em circunstâncias pouco claras e levado à presença do comandante, por sinal, já seu conhecido, o piloto Schultz. Como recompensa por lhe ter salvo a vida, o comandante prometeu proteção ao bairro judeu onde o barbeiro morava. Só que o comandante vai ser acusado de traição e levado para um campo de concentração juntamente com o barbeiro. Para trás, ficou a namorada deste e o pai dela, tendo estes fugido, entretanto, para um país próximo da Tomânia. Mas nem este se revelava seguro. Era cobiçado pelo ditador da Bacteria e por Hynkel, que tinha planos para conquistar o Mundo. Este último convida o ditador da Bacteria para uma conferência de líderes. No meio da confusão, o barbeiro e o comandante fogem do campo de concentração.

O realizador, com este filme, pretendeu fazer uma crítica social feroz ao nazismo e ao seu representante máximo: Adolfo Hitler.

Deste filme, destacou-se um momento especial: o discurso final de Chaplin. É aqui que se vê a grandeza de um ser humano. É aqui também que se apela veementemente ao fim dos conflitos humanos e à tolerância religiosa.

Sabemos que este filme não recebeu qualquer Óscar, apesar de ter sido nomeado para isso. Mas o que importa isso quando a visibilidade ultrapassa o que é visível? Tal como diz Antoine de Saint-Exupéry: «só se vê bem com o coração».

Texto de Ana Santos, professora de Português, colaboradora ativa no desenvolvimento do PNC nas turmas de nono ano do agrupamento




























28.10.19

Halloween seen by some students of 10ºO

I like Halloween because it is the scariest day of the year and you can fright anyone with pranks. The most important things related to Halloween are the pumpkins with evil faces, vampires, headstones, bats, Draculas and witches. Everybody can go out at night and eat candies from the neighbours’ houses. We can also throw paper and eggs at them. Halloween is really funny. 
Keep calm and Hail to the Pumpkin King!
by Sérgio Zhu Su

Halloween is a very special time for me. It’s my second favourite time of the year because we have sweets and it is lots of fun. 
We dress up as horror movie characters and spread our sense of humour.
“I’ve been improving all my love spells all year, I’m sure after tonight you’ll just want to stay with me. Happy Halloween Day, love!”
Happy Halloween to you all!
by Carolina Carvalho

A little Halloween story
On Halloween night, Anna, a teenage girl, decided to go out with her friends to do the door to door trick or treating scene. She went to the meeting point but on the way there she felt someone was stalking her. Anna didn’t want to give much importance to the situation. When she reached her friends, they all started going door to door, but all night long she felt someone was chasing her in the shadows. She was upset so she decided to talk to her friends about it but they dismissed it and said it was just fear and told her not to think about it anymore.
Around midnight, they all decided to go home. Anna asked if one of them could go with her because she didn’t feel safe – they all lived far from each other and she ended up going back alone.
The following morning nobody knew anything about Anna. She had vanished and was never found.
by Beatriz Pereira

Inicio das comemorações do Haloween

Hoje além de ser o dia internacional das bibliotecas escolares, é também o primeiro dia da semana em que se irá comemorar o Halloween. 
A comemoração do “Halloween”, nome dada à tradição portuguesa do Dia das Bruxas, não poderia passar ao lado da BE da ESRT. Desta forma,alunos do 9º e do 10º ano produziram textos no âmbito desta temática na disciplina de Inglês e a biblioteca decorou-se à altura. A montra foi ornamentada com bruxinhas e marcadores de livros realizadas por alunos do oitavo ano.


































Marcadores de livros

Neste dia, foram ainda finalizados, plastificados e apresentados na BE, os marcadores de livros (feitos pelos alunos da turma CLIL de sétimo ano e por todos os alunos com medidas de apoio às aprendizagens) para troca com alunos de uma Escola Australiana, no âmbito do projeto ISLM 2019.





Comemoração do dia nacional das bibliotecas escolares

Para comemorar este dia tão especial, os alunos da turma 12ºG, na disciplina de Multimédia, criaram cartazes onde imaginaram a “Biblioteca Ideal” e fizeram questão de os partilhar com todos nós. Por isso, estes magníficos cartazes estão, a partir de hoje, expostos logo na entrada da biblioteca da ESRT.
Vamos imaginar… A Biblioteca Ideal!









15.10.19

14ª Edição do Concurso Nacional de Leitura

No AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE RIO TINTO Nº3 está a decorrer a primeira fase da 14ª Edição do Concurso Nacional de Leitura, destinada aos alunos dos 1.º,2.º e 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário. 
PARTICIPA! Aproveita para ler mais e melhor!



10.10.19

Exposição de desenhos dos alunos de 10º e 12º ano do curso de Artes Visuais na Biblioteca/Centro de Recursos

Uma forma diferente de conjugar leitura, arte e ciência. Durante este mês os alunos do curso de artes visuais vão expor os seus trabalhos artísticos na BE/CRE. Todos eles feitos a partir das suas “leituras” e, correspondendo sempre às solicitações dos respetivos professores de Desenho.